Adele processará revista francesa por divulgar supostas fotos íntimas


 

Os advogados da cantora Adele comunicaram, na última sexta-feira (17), que planejam processar a revista francesa Public. A publicação mostrou na capa de sua última edição imagens que afirmavam ser de um suposto vídeo em que a britânica aparecia fazendo sexo.
A revista afirmou que o vídeo foi gravado em um banco traseiro de um carro, em um estacionamento de Londres, e filmado com um celular. A Public ainda insinuou que o vídeo poderia ter sido divulgado pelo ex-namorado da cantora, o músico Slinky Sunbeam.
O suposto vídeo também foi divulgado em um site de um fotógrafo de celebridades de Paris. “Várias pessoas com certeza querem ver isso”, disse o fotógrafo.
“Nossa cliente não apareceu nesse vídeo como disse a reportagem. Nossa cliente não apareceu também nas fotos. Essas afirmações são falsas e difamatórias. Estamos tomando providências legais a respeito”, disseram os advogados que pretender entrar com a ação.