Noticías da tv: Arthur Aguiar se recusa a comentar suposto affair com Bruna Marquezine durante evento em Salvador


Rumores dão conta de que atriz teria traído Neymar com ex-Rebelde (Foto: Divulgação)

Segundo especulações, durante as gravações da novela “Em Família”, do autor Manoel Carlos, o ator Arthur Aguiar teria tido um affair com Bruna Marquezine. Durante o coquetel de lançamento do camarote de uma cervejaria em Salvador, o ex-Rebelde se recusou a falar sobre o assunto. “Cara, eu não falo sobre a minha vida pessoal“, disse ao jornal “O Dia”.

O ator falou apenas sobre seu primeiro trabalho na Globo após sucesso em “Rebelde” na Record. ”A novela terá três fases e eu faço o Virgílio mais novo. Quem vai interpretar ele mais maduro é Humberto Martins“, disse. “Está uma correria louca, mas é bom assim“, disse Arthur, que em breve, vai sair em turnê para divulgar seu primeiro álbum sem os companheiros de “Rebelde”.

O ex-Record também mudou de empresário. Ele é agenciado pela produtora da cantora Claudia Leitte: “Eles cuidam de tudo, tanto da minha carreira como ator quanto cantor.”

Veja trecho divulgado por Aguinaldo Silva do processo que venceu contra humorístico

Aguinaldo Silva ganha processo movido contra o programa “Pânico” (Foto: Reprodução)

Depois de comemorar a vitória do processo que movia contra o programa “Pânico” nas redes sociais, o autor Aguinaldo Silva usou o seu site oficial, para divulgar trecho da sentença do processo sobre o humorístico, que em 2012, criou quadros envolvendo seu nome, neste sábado (21).

Leia abaixo a íntegra do post:
“Pela maneira cristalina e definitiva como a Juiza Marianna Mazza Vaccari Machado Manfrenatti deixa claro que a liberdade de expressão, embora “sagrada”, não concede a ninguém o direito de atentar contra a intimidade, a honra, e outros direitos de personalidade de qualquer pessoa, seja ela pública ou não, reproduzo aqui trecho da sentença na qual ela decide que o programa Pânico na TV ultrapassou estes limites ao criar uma paródia humilhante da minha pessoa sem minha autorização. E, assim como teve o bônus da audiência – objetivo principal da tal paródia – deve assumir o ônus de tal ato: o dano moral que me causou, por conta do qual deve pagar uma indenização.”
 
(…) a liberdade de expressão esbarra nas garantias da intimidade, da honra e de tantas outras previstas em sede constitucional, devendo o julgador, caso a caso, analisar, utilizando-se dos critérios da razoabilidade e proporcionalidade, qual delas de envergadura constitucional deverá prevalecer.
 
Nossa Constituição da República possui dentre outras características o fato de ser compromissória e principiológica, trazendo para o ordenamento jurídico uma série de postulados e princípios que apesar de se harmonizarem no campo em abstrato, podem entrar em conflito numa análise em concreto. Nesse diapasão, cabe ressaltar que os critérios cronológico, hierárquico e o da especialidade não são suficientes para resolverem o conflito sub judice, já que afastariam a aplicação do postulado ou princípio no caso concreto. O método específico para se resolver tais conflitos entre princípios ou postulados é a ponderação de interesses.
 
A liberdade de expressão/comunicação é essencial para o Estado Democrático de Direito. Porém, não pode e nem deve ser ilimitada. Necessário se faz, então, que o julgador sobreleve um dos postulados ou princípios conflitantes, adotando para tanto critérios objetivos, o que trará segurança jurídica para a sua decisão. Em razão disso, para o êxito da pretensão autoral, considerando a técnica da ponderação de interesses, necessário que o grau de restrição à intimidade, à honra e outros direitos da personalidade do autor seja superior à restrição à liberdade de comunicação/expressão.
 
Pois bem. Nessa diretriz, no caso em tela, observo que os réus ultrapassaram os limites do exercício do direito que lhes é assegurado pela própria Constituição, invadindo o campo do que é lícito e regular e atingindo os direitos da personalidade do autor, cujo respaldo judicial, diante da ponderação de interesses, deverá prevalecer. A despeito da alegação de que se trata de conduta vestida de caráter jocoso e de cunho humorístico, entendo que a realização de paródias e criação de personagens que façam menção a personalidades de notório conhecimento devem estar adstritas a traços limítrofes bem delineados, estritamente determinados.
 
Nesse contexto, destaco serem lícitas aquelas – paródias e/ou personagens – feitas de tal maneira que não ofendam ou inflijam os direitos da personalidade daquele que, sem autorização e tampouco consentimento, se vê envolvido nelas e, por via de consequência, passa a ter a sua privacidade e imagem expostas de forma não querida e, por óbvio, pretendida, como no presente feito. Ressalto, ainda, que o demandante exerce profissão cuja essência não é a veiculação de sua imagem nos meios midiáticos, ocasiões em que, quando realizadas, são fruto do seu labor, não valendo o mesmo de tal circunstância para ser profissional bem sucedido e de amplo conhecimento público, o que, então, contribui para intensificar a conduta dos requeridos.
 
Elucido, contudo, que não defendo o cerceamento do direito de informação nem a censura prévia, procedimentos inteiramente incompatíveis com o Estado de Direito, sendo a questão apenas de exigir maior responsabilidade daqueles que lidam com a liberdade de expressão, principalmente, por meio de rede de televisão e de programa com alto índice de audiência e direcionado à população jovem.
 
Além de tal questão, friso que muito embora a finalidade dos demandados seja de entretenimento ou de animus jocandi, conforme sustentam em contestação, sua atividade é fundamentalmente empresarial e objetiva o lucro, por meio do aumento da audiência e da captação de anunciantes e incremento do preço cobrado por eles. É patente, nesse sentido, que os programas humorísticos têm na publicidade uma ´finalidade indireta´, que é manter a audiência para poder veicular anúncios durante o próprio programa e nos seus intervalos.
 
Nessa linha, é evidente que a atividade empresarial busca auferir bônus, mas, de certo, não pode estar limitada a eles, devendo arcar, também, com os ônus que decorrem do seu exercício. E, nessa seara, não havendo qualquer autorização do requerente para divulgação de sua imagem – seja em caráter direto ou reflexo – restam claros os danos suportados pelo mesmo.
 
Agradeço aqui, mais uma vez, ao advogado Sylvio Guerra, cuja intervenção, nesta como em outras questões jurídicas que me vi obrigado a enfrentar nos últimos dois anos, foi essencial para que se fizesse justiça. A sentença da Juiza Marianna Mazza Vaccari Machado Manfrenatti  foi o meu presente de Natal antecipado e, sem nenhuma dúvida, o melhor que eu podia desejar.

Eduardo Moscovis poderá entrar no elenco da próxima novela de Aguinaldo Silva

(Foto: Divulgação)

Afastado das novelas desde 2005, em “Alma Gêmea”, o ator Eduardo Moscovis em breve deve voltar ao mundo da ficção. É que ele está na mira da Globo para a área da teledramaturgia.

Eduardo poderá entrar para o elenco da próxima novela do autor Aguinaldo Silva, no horário das 21 horas. A trama está prevista para ir ao ar no segundo semestre do ano que vem.

Com informações do jornalista Flávio Ricco.

Atores de “Chiquititas” namoram na vida real

"Chiquititas"

Pedro Lemos e Lisandra Parede atuam em “Chiquititas”

Da ficção a vida real. O romance entre Pedro Lemos e Lisandra Parede, o Tobias e a Maria Cecília de “Chiquititas”, começou durante as gravações da novela infantil do SBT. Os dois formam um par romântico no folhetim.

De acordo da coluna Em Off, assinada pela jornalista Janaína Nunes, o namoro na vida real já dura há três meses.

O casal participará do “Domingo Legal”, neste domingo (22), ao lado de outros colegas de elenco, e deve fazer a revelação. Nos bastidores do SBT, a dupla é considerada muito fofa.

Com o fim do programa, Xuxa Meneghel estaria deprimida

A apresentadora ficará sem programa em 2014 (Foto: Reprodução)

Por causa da baixa audiência, o programa “TV Xuxa” foi cortado da grade de programação da Globo, de 2014 como foi divulgado. E por isso, a apresentadora da atração, Xuxa Meneghel, estaria triste.

Um amigo da loira contou à coluna da jornalista Flávia Muniz, do jornal O Dia, que ela está deprimida com o fim do “TV Xuxa”. Além dos baixos índices, Xuxa ficará fora do ar para cuidar de uma inflamação nos ossos do pé.

As consequências da saída da artista da TV já começam a aparecer. Uma fonte ligada à Rainha dos Baixinhos disse que já foram demitidos dez funcionários que trabalhavam para ela no programa “TV Xuxa”.

Globo deve investir em tramas da década de 70; saiba mais

A emissora quer tramas da década de 70

A emissora quer tramas da década de 70 (Foto: Divulgação)

As novelas dos anos 70 estão na mira da Rede Globo. Depois ter apostado na nova versão de “Meu Pedacinho de Chão”, que ficará no lugar de “Joia Rara” no ano que vem, os clássicos da teledramaturgia dos anos 70 como “O Rebu” (1974-1975) e “Os Ossos do Barão” (1973-1974) poderão ser produzidos pela emissora.

A primeira vai entrar no novo horário das 23h, está sendo escrita por George Moura e deve ser gravada na Argentina. Tony Ramos já está escalado, e a história terá cerca de 40 capítulos, segundo informa a coluna da jornalista Vivian Masutti, do jornal Agora São Paulo.

Foi durante as comemorações dos 40 anos da novela “Os Ossos do Barão” que surgiu a ideia de regravar a história do autor Jorge Andrade. Lima Duarte, que participou da original como o descendente de italianos Egisto Ghirotto, poderá estar na nova versão da emissora dos Marinhos.

“Pânico” não tem interesse em Iris Stefanelli, diz colunista

Parece que o programa não tem mais interresse em Iris (Foto: Reprodução)

Apesar de toda a mídia especular que Iris Stefanelli podia ser a substituta de Sabrina Sato no programa “Pânico na Band”, a repórter da RedeTV! não faz parte dos planos do humorístico.

Ao que tudo indica, o “Pânico” ainda está magoado com a saída da Japa. É que a ideia do programa, em relação a Sabrina, daqui pra frente é virar a página e ignorar que ela existe.

Em 2014, durante o processo da escolha de uma nova musa, estará terminatemente proibido qualquer termo que envolva a palavra “substituta”. A ordem será focar na “nova integrante” da atração, segundo conta o jornalista Flávio Ricco.

Globo, Record e SBT empatam na liderança de audiência durante exibição do “Fala Brasil”

Tecnicamente, jornalístico liderou empatado com SBT e Globo

Tecnicamente, jornalístico liderou empatado com SBT e Globo

O “Fala Brasil” especial deste sábado (21), exibido das 7h às 10h15, marcou boa audiência. O telejornal matutino da emissora de Edir Macedo

Segundo dados preliminares do Ibope, o “Fala Brasil” marcou 4.0 pontos de média. Durante a exibição do jornalístico, a Globo registrou 4.3 (4) pontos e o SBT alcançou 4.1 (4) pontos de média.

Cada ponto equivale 62 mil domicílios na Grande São Paulo. Os números acima são prévios e estão sujeitos a sofrer alterações para mais ou para menos no consolidado.

Com Luiz Bacci, “Cidade Alerta” marca baixa audiência e perde para Band

Luiz Bacci apresenta o "Cidade Alerta" aos sábados

Luiz Bacci apresenta o “Cidade Alerta” aos sábados

O “Cidade Alerta” , apresentado por Luiz Bacci, marcou baixa audiência neste sábado (21). O programa policial ficou em terceiro lugar de audiência.

De acordo com dados preliminares do Ibope,  o Cidade Alerta marcou 5.0 pontos de média. Durante a exibição do jornalístico, a Globo liderou com 13.5 pontos. A Band ficou na vice-liderança com 5.3 pontos e o SBT ficou em quarto lugar com 3.5 pontos de média.

Cada ponto equivale 62 mil domicílios na Grande São Paulo. Os números acima são prévios e estão sujeitos a sofrer alterações para mais ou para menos no consolidado.

“Coral de Rua”, especial de fim de ano da Record, derrapa na audiência

Coral de Rua em ação, no grande show apresentado por Britto Jr. (Foto: André Paino/ R7)

Coral de Rua canta em show apresentado por Britto Jr. (Foto: André Paino/ R7)

A Record exibiu na noite deste sábado (21), depois do “Jornal da Record”, o especial de fim de ano, “Coral de Rua”. A atração, comandada por Britto Jr., marcou baixa audiência e empatou na vice-liderança com o SBT.

De acordo com dados preliminares do Ibope, o “Coral de Rua” marcou 4 pontos de média. Durante a exibição do especial, a Globo liderou com 27 pontos, o SBT ficou empatado com a Record com 4 pontos e a Band marcou 1.5 ponto de média.

Cada ponto equivale 62 mil domicílios na Grande São Paulo. Os números acima são prévios e estão sujeitos a sofrer alterações para mais ou para menos no consolidado.

 

Gravações da terceira temporada de “Pé na Cova” começam em março

Miguel Falabella atua e escreve “Pé na Cova” (Foto: Divulgação/ TV Globo)

Miguel Falabella atua e escreve “Pé na Cova” (Foto: Divulgação/ TV Globo)

O elenco de “Pé na Cova” começará a gravar a terceira temporada da série serão iniciadas em março.

O último episódio da segunda temporada, exibido na terça-feira (17), registrou recorde de audiência na Grande São Paulo, com média de 18 pontos e 43% de share.

Além de “Pé na Cova”, Miguel Falabella, autor da série, poderá ainda emplacar dois novos programas na Globo em 2014.

‘Programa Raul Gil” marca baixa audiência e perde para Globo, Record e Band

"Programa Raul Gil" em baixa

“Programa Raul Gil” em baixa

O “Programa Raul Gil” ficou em terceiro lugar de audiência neste sábado (21). A atração de auditório do SBT não agradou e perdeu para Globo, Record e Band.

De acordo com dados preliminares do Ibope, o “Programa Raul Gil” marcou 3 pontos de média. Durante o horário de exibição da atração, a Globo liderou com 11 pontos. A Record e a Band empataram no segundo lugar com 4 pontos de média cada. Cada ponto equivale 62 mil domicílios na Grande São Paulo.

Os números acima são prévios e estão sujeitos a sofrer alterações para mais ou para menos no consolidado.

Diretor da Globo deseja que “Vídeo Show” tenha pegada mais popular

Zeca Camargo

Zeca Camargo comanda o novo formato do “Vídeo Show”

A equipe do “Vídeo Show” entrou em férias nesta última sexta-feira (20).  Nos últimos dias a equipe se adiantou e conseguiu uma frente de programas inéditos que serão exibidos até a primeira semana de janeiro.

Mas antes dessa parada, Ricardo Waddington, diretor de núcleo teve uma reunião com a equipe do programa.

De acordo com o jornal Diário de São Paulo, o responsável pelo “Vídeo Show” alertou sobre a importância de se buscar uma linha mais popular e ao mesmo tempo oferecer um leque de opções que possam atrair o público jovem.

 Homem tenta matar político búlgaro durante discurso, mas arma falha

Por sorte, escapou da morte

Por sorte, escapou da morte

Uma situação inusitada aconteceu com um político búlgaro durante seu discurso. No meio de seu depoimento, o político é surpreeendido por um outro homem que aponta um revólver para sua cabeça, para sorte do político, a arma falhou. Seguranças do local deteram o criminoso.

Real Time – SP / Record com boa audiência, “SBT Brasil” com apenas 2 pontos

19h45
:record: 7 :band: 4 :sbt: 2

Filme de Renato Aragão vai ao ar como especial de fim de ano

Divulgação

Humorista está na geladeira da Globo!

Renato Aragão está de volta a tela da Globo.

Depois de deixá-lo um bom tempo na geladeira, a emissora anunciou a exibição de um filme feito especialmente para a TV.

Em “Didi, o Peregrino”, o protagonista percorre o caminho de Santiago de Compostela em uma história que mostra a importância da fé e da amizade.

A atração vai ao ar neste domingo, dia 22, após o “Esporte Espetacular”, curiosamente o horário em que “A Turma do Didi” era exibido.

Portal POP – Blog Séries e TV – Rafael Mendonça!

“Amor á Vida”: Amarilys entrega Fabricio para Niko e fica arrassada

Niko enfim fica recupera Fabricio

Niko enfim fica recupera Fabricio

Niko (Thiago Fragoso) sofreu o pão que o diabo amassou ao descobrir que foi traído e que o filho que achava ser dele era fruto dessa traição. Mas, depois da tempestade, sempre vem a bonança! É hora da justiça ser feita e, após provar que é o pai biológico da criança, chegou o grande dia de buscar Fabrício e levá-lo para casa.

Amarilys (Danielle Winits) não quer entregar o menino por nada nesse mundo, mas Silvia (Carol Castro), que foi acompanhar Niko, ameaça acusar a loira de sequestro. Não tem jeito! O chef volta a ter o bebê em seus braços. Eron (Marcello Antony) ainda pede para continuar visitando a criança e consegue a permissão de Niko.

Essa cena vai ao ar na segunda-feira, dia 23 de dezembro

Comente este:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s